Conclusões do advogado-geral M. Szpunar apresentadas em 21 de julho de 2016$