Conclusões da advogada-geral Sharpston apresentadas em 15 de Outubro de 2009.$