Pergunta escrita E-008203/11 Ingeborg Gräßle (PPE) à Comissão. Central nuclear de Ignalina, na Lituânia