Despacho do Tribunal de Justiça (Nona Secção) de 28 de maio de 2020.